sábado, 20 de abril de 2019

A Necessidade de Interpretação


de Gordon D. Fee e Douglas Stuart
Com certa freqüência encontramos com alguém que diz com muito fervor: "Você não precisa interpretar a Bíblia; leia-a, apenas, e faça o que ela diz." Usualmente, semelhante observação reflete o protesto contra o "profissional", o estudioso, o pastor, o catedrático ou o professor da Escola Dominical que, por meio de "interpretar," parece estar tirando a Bíblia do homem ou da mulher comum. É sua maneira de dizer que a Bíblia não é um livro obscuro. "Afinal das contas," argumenta-se, "qualquer pessoa com metade de um cérebro pode lê-la e entendê-la. O problema com um número demasiado de pregadores e professores é que cavam tanto que tendem a enlamear as águas. O que era claro para nós quando a lemos já não é mais tão claro."
Há muito de verdade em tal protesto. Concordamos que os cristãos devam aprender a ler a Bíblia, crer nela, e obedecê-la. E concordamos especialmente que a Bíblia não precisa ser um livro obscuro, se for corretamente estudada e lida. Na realidade, estamos convictos que o problema individual mais sério que as pessoas têm com a Bíblia não é uma falta de entendimento, mas, sim o fato de que entendem bem demais a maior parte das coisas! O problema de um texto tal como: "Fazei tudo sem murmurações nem contendas" (Fp 2.14), por exemplo, não é compreendê-lo, mas, sim, obedecê-lo — colocá-lo em prática.
Concordamos, também, que o pregador ou o professor estão por demais inclinados a escavar primeiro, e a olhar depois, e assim encobrir o significado claro do texto, que freqüentemente está na superfície. Seja dito logo de início — e repetido a cada passo, que o alvo da boa interpretação não é a originalidade, não se procura descobrir aquilo que ninguém jamais viu.
A interpretação que visa a originalidade, ou que prospera com ela, usualmente pode ser atribuída ao orgulho (uma tentativa de "ser mais sábio" do que o resto do mundo), ao falso entendimento da espiritualidade (segundo o qual a Bíblia está repleta de verdades profundas que estão esperando para serem escavadas pela pessoa espiritualmente sensível, com um discernimento especial), ou a interesses escusos (a necessidade de apoiar um preconceito teológico, especialmente ao tratar de textos que, segundo parece, vão contra aquele preconceito). As interpretações sem igual usualmente são erradas. Não se quer dizer com isto que o entendimento de um texto não possa freqüentemente parecer sem igual para alguém que o ouve pela primeira vez. O que queremos dizer mesmo é que a originalidade não é o alvo da nossa tarefa.
O alvo da boa interpretação é simples: chegar ao "sentido claro do texto." E o ingrediente mais importante que a pessoa traz a essa tarefa é o bom-senso aguçado. O teste de uma boa interpretação é se expõe o sentido do texto. A interpretação correta, portanto, traz alívio à mente bem como uma aguilhoada ou cutucada no coração.
Mas, se o significado claro é aquilo sobre o que a interpretação diz respeito, então para que interpretar? Por que não ler, simplesmente? O significado simples não vem pela mera leitura? Em certo sentido, sim. Mas num sentido mais verídico, semelhante argumento é tanto ingênuo quanto irrealista por causa de dois fatores: a natureza do leitor e a natureza da Escritura.
[Nas próximas semanas, Deus permitindo, iremos reproduzir nesta seção mais princípios da interpretação dos senhores Fee e Stuart do seu livro “Entendes o Que Lês?”]


Copyright © 1984 Edições Vida Nova. Todos os direitos reservados.
Reproduzido com a devida autorização.


O livro de Gordon D. Fee e Douglas Stuart do qual este texto foi extraído, "Entendes o que Lês?", pode ser encomendado da Edições Vida Nova
selecionando a capa do livro ao lado:

Fonte: http://www.hermeneutica.com/principios/necessidade.html

sexta-feira, 19 de abril de 2019

Qualidade de um Não Dizimista


*Pessimo administrador financeiro
*Ambicioso
*Não ajuda o próximo
*Não prospera Satisfatoriamente
*Murmurador
*Atrasado espiritualmente
*É insatisfeito
*Só faz aquilo em que pode se alto promover
*É invejoso
* Segundo Malaquias 3:10 é ladrão

domingo, 31 de março de 2019

Mãe no Asilo

Após o falecimento do pai.. o filho coloca a sua mãe num asilo, e a visitava de vez em quando.. Um dia, recebeu uma ligação do asilo, informando que ela estava morrendo.. Foi correndo para ver a sua mãe antes que ela falecesse.. Perguntou para ela: o que quer que eu faça por você mãe? Disse a mãe: quero que você coloque ventiladores no asilo porque eles não tem e quero que você compre geladeiras também, para que a comida não estrague,muitas vezes dormi sem comer nada!! O filho disse surpreso: mas agora está pedindo essas coisas, enquanto está morrendo?? Porque não reclamou antes? A mãe respondeu triste: eu me acostumei com a fome e o calor, mas o meu medo é você não se acostumar, quando seus filhos colocarem você aqui, quando estiver velho!! 

MORAL DA HISTÓRIA: "AME O QUE VOCÊ TEM , ANTES QUE A VIDA LHE ENSINE A AMAR O QUE VOCÊ PERDEU " " HONRA A TEU PAI E A TUA MÃE, AFIM DE QUE OS TEUS DIAS SE PROLONGUEM SOBRE O SOLO QUE O SENHOR, TEU DEUS, TE DÁ" - Êxodo 20:12

segunda-feira, 18 de março de 2019

SAMUEL APRONTANDO NO ACAMPAMENTO DE VERÃO 2019

A Maldade do Homem e a Tragédia em Suzano


Todos estamos acompanhando a tragédia que aconteceu em Suzano, quando dois atiradores invadiram uma escola e assassinaram alunos e funcionários de forma brutal e intencional.
Fiquei assustado ao receber testemunhos de professores amigos dizendo que muitos de seus alunos não se escandalizaram com a tragédia de Suzano, e alguns até mesmo acharam engraçado.
Para onde estamos caminhando?
O vazio na vida dos homens tem se mostrado cada vez maior, como um buraco negro que aproveita toda oportunidade para engolir tudo ao seu redor e crescer cada vez mais.
Nós fomos criados para refletirmos a imagem de Cristo, e quanto mais distante estamos Dele, mais nossa mente e nossos corações buscam satisfação nos piores lugares e mais o ser humano demonstra do que é capaz de fazer e da maldade que reside em seu coração. Quando Deus nos entrega às nossas próprias paixões (Rm 1.25-26), é isso que acontece, tragédias como essa da escola em Suzano, decorrentes da inversão de valores.
Nossa sociedade tem ensinado cada vez menos valores às crianças e aos jovens, sob a alegação de que nada é absoluto, que devemos dar espaço e liberdade para que as pessoas descubram quem elas realmente são, voltando-as cada vez mais para seu próprio coração e suas próprias vontades, como se isso fosse o que interessa. Eles são treinados a serem seus próprios deuses, sem limites.
Em sua aula “Os efeitos da Queda na Mente e do Coração”, parte do curso Aconselhamento no Sofrimento, o professor Aender Borba destaca que, após a queda “a cobiça dos olhos preenche o coração dos homens de um desejo insaciável de se tornar como Deus”.
É aí, então, que a vida do próximo perde valor. A vida humana não tem mais sentido. O sofrimento e o vazio precisa ser saciado a qualquer custo, pois “eu sou deus” e não posso viver assim. E quando não consigo, decido que é porque esse mundo não tem nada que possa me saciar (o que, de certa forma, é verdade) e acabo tirando minha própria vida, assim como os dois jovens atiradores fizeram depois de terem assassinado os alunos da escola de Suzano. Suicídio como forma de aliviar o desejo insaciável de se tornar como Deus.
Algumas fontes tem apontado a motivação dos jovens proveniente de um grupo secreto online, hospedado na dark web, onde eles consideram as mulheres como objetos de uso pessoal para satisfação própria e são extremamente racistas. Um dos assassinos chegou a fazer a suposta declaração de que ele queria morrer como herói e ir para o seu céu.
Entregues às próprias paixões, colhendo os frutos que têm lutado para plantar ao longo desses anos. Afastados de Deus, mergulhando em seu próprio abismo.
O mais terrível é que muitos pais cristãos têm deixado seus filhos serem ensinados nos mesmos moldes e padrões, tanto com o “emburrecimento” através de canais não edificantes no Youtube (lembrando que quando a diversão é saudável, também glorifica a Deus), quando através da moralidade mundana. Não é difícil encontrar pais cristãos que acreditam que seu filho precisa se descobrir e que não devem “reprimi-lo”, para usar um termo que está em alta nos dias de hoje.
Pais têm ignorado princípios bíblicos, como o de Provérbios 22.6:
“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.”
É dever dos pais preparar seus filhos para não crescerem na forma do mundo, nem sem serem apresentados às verdades que libertam.
E é dever de todo o cristão expor sua cosmovisão cristã, mostrando o verdadeiro sentido da vida e os princípios morais instituídos por Deus através da arte, do trabalho e de tudo o que fizerem. É papel do cristão lutar para tornar o Youtube um lugar melhor, transformar as salas de aula em lugares mais edificantes, influenciar os jovens a buscarem sua verdadeira identidade em Cristo.
Somente Deus pode transformar os corações, mas a comissão de ir e pregar o evangelho foi dada a nós.
A tragédia de Suzano chega para nos lembrar de quem é o homem, de quem é Deus, e de como é o homem sem Deus. Chega para lembrar, a nós cristãos, quais são nossos deveres e obrigações.
Que Deus console e conforte as famílias das vítimas de Suzano, e que a Glória Dele possa ser vista em toda a Terra, através da percepção da maldade do homem, e da atenção para a necessidade de um Redentor, Jesus Cristo.
Fonte: https://voltemosaoevangelho.com/blog/2019/03/a-maldade-do-homem-e-a-tragedia-em-suzano/?utm_source=sendinblue&utm_campaign=Voltemos_ao_Evangelho__Daily_email_Modelo&utm_medium=email&utm_source=inf-resumo-diario-ve&utm_medium=inf-resumo-diario-ve&utm_campaign=inf-resumo-diario-ve


MINI P70 EM CURRAL DE DENTRO - 17/11/12

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PROJETO APASCENTAR - DISTRIBUIÇÃO DE REVISTA

19º ENCONTRO DE PASTORES - IBIASSUCÊ - BA - 05-09/12

5º ANIVERSÁRIO DA UNIÃO DE JOVENS DA IGREJA BATISTA DO CALVÁRIO - 2012

FAÇA PARTE DA IGREJA BATISTA DO CALVÁRIO VOCÊ TAMBÉM

Uploaded with ImageShack.us

P70 22-25 / 2012 - EM NINHEIRA

ACAMPAMENTO DE INVERNO 22-25 DE JUNHO DE 2012

POSTE LINK DO BLOG NO TWITTER

COMENTE EM MEU TWITTER USANDO O LINK ABAIXO