sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

O QUE SIGNIFICA "ANDAR COM DEUS"?

 
Existe uma certa linguagem que cristãos costumam usar, o tal "evangeliquês". Usamos certas palavras com tanta frequência que, as vezes, nem sabemos exatamente o que queremos dizer por elas.
 
Um exemplo disso é aquela pergunta bem-intencionada, "Como está seu andar com Deus? Você está em comunhão com Ele?" O que queremos dizer exatamente sobre "andar" com Deus?
 
Sempre entendi que meu 'andar' era a minha vida devocional. Quem pergunta acerca do meu andar quer saber se estou lendo minha Bíblia todo dia, e orando. O que é um ótimo e necessário hábito, claro.
 
Mas pense nos cristãos do 1º século. Poucos tiveram uma Bíblia. Nem todos, inclusive, sabiam ler! As poucas cópias dos Evangelhos, ou, talvez, de alguns capítulos do Novo Testamento, eram lidas nas reuniões semanais e repassadas entre as famílias.
 
Imagine, por um momento, que estamos no 1º século após Cristo. Estamos visitando uma família cristã, que mantém suas reuniões em secreto devido a perseguição. Pergunte ao marido, um fazendeiro analfabeto, ou aos seus filhos de 7 e 15 anos: "Como está seu andar com Deus?"
 
Qual resposta eles dariam?
 
Aos poucos descubro que a parte mais difícil da caminhada cristã não são os hábitos em si: as leituras, as orações antes das refeições, ou os cultos. A parte mais difícil é descansar na providencia de Deus. É crer que Ele suprirá toda necessidade. É fugir da ganância e consumismo da nossa cultura que sugere, assim como o serpente insinuou no Jardim do Éden, que Deus não sabe de todas as coisas.
 
É obedecer as palavras de Cristo: "Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças; e a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos."
 
Parece ironia, mas descansar em Deus é difícil. Minha natureza se revolta contra essa dependência nEle. Só descansamos quando confiamos, plenamente, que Ele é todo-poderoso. Que estamos escondidos na sua grandeza. Protegidos no seu amor. Aceitos no seu Filho. Capacitados pelo seu Espírito. Chamados para uma viva esperança. Recebidos perante teu Trono.
 
Os cristãos do 1º século, um povo simples, dolorosamente perseguido, tiveram um testemunho que impactou o mundo. Por quê? Porque andaram com Deus. Ou, dito de outra forma, andaram com profunda consciência de quem Deus é.
Daniel Gardner
Fonte: http://palavraprudente.com.br/vida-crista/o-que-significa-andar-com-deus/

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

7 dicas que irão te ajudar a se livrar do medo de falar em público

Elabore o seu roteiro
Um bom orador, antes de começar a sua palestra/ pregação, sabe exatamente o que vai falar, do começo ao fim. Não conte com o inesperado, tenha um roteiro em mãos com os principais pontos que você deverá abordar.
Fale na frente do espelho
Escreva pequenas pregações e crie o hábito de treinar na frente do espelho. Estipule um tempo de 15 ou 30 minutos e, durante esse período, faça a sua apresentação na frente do espelho, observando suas expressões faciais.
Grave seu discurso
Elabore discursos e prepare uma câmera – pode ser até mesmo a câmera do celular – e coloque à sua frente. Faça de conta que aquela câmera é o seu público e apresente a sua mensagem a ela. Depois disso, assista ao vídeo e veja o que precisa ser melhorado. Mostre esse mesmo vídeo a duas ou três pessoas de confiança, para que elas também deem seus pareceres.
Seja natural
Treine bastante os seus discursos e observe se você está falando com naturalidade. Durante o discurso, olhe para a plateia (câmera) e evite ficar de braços cruzados, colocar as mãos nos bolsos, ou fazer gestos exagerados.
Conte histórias
Procure sempre ilustrar sua pregação com exemplos. Para isso, conte histórias verídicas (atuais ou bíblicas) com que a plateia possa se identificar.
Elabore o tempo
Antes de preparar o seu discurso, faça uma síntese do assunto que deverá ser abordado no tempo estipulado para a pregação. Evite esboçar uma pregação muito extensa, reveja os tópicos. Evite temas paralelos e corte aquilo que você percebe estar demais. Lembre-se que, em se tratando de um discurso limpo e objetivo, menos é sempre mais.
Estude muito sobre o assunto
Parece incrível a habilidade que a plateia tem de fazer a leitura do orador. Se ele estiver inseguro com algum assunto, pode ter certeza de que ela irá perceber. Aliás, a plateia sabe quando o orador está despreparado, quando está com dúvidas ou até mesmo quando ele chega muito bem preparado. Portanto, antes de falar sobre qualquer assunto, garanta que você o domine muito bem. Lembre-se, o bom orador está sempre estudando.

sábado, 16 de dezembro de 2017

Aniversário dos Jovens Congregacionais em Taiobeiras!

Dias 16 e 17 de Dezembro será o aniversário dos jovens Congregacionais em Taiobeiras!
Contamos com sua presença e uma caravana boa de irmãos da sua igreja!
O tema será: Escravo, quem é o seu senhor?

Preletor: Pastor David Thompson ( IBC Vitória da Conquista)
Serão dias mais que abençoados!
Local: Igreja Bíblica Congregacional de Taiobeiras ( Rua carijós, 112)

ANIVERSÁRIO


terça-feira, 12 de dezembro de 2017

VOCÊ PRECISA ORAR? -112 - 26.07.2017 - AULA 52 - FASE - 3

Como filho de Deus, você precisa conversar com seu Pai celestial. Mesmo achando que não sabe falar com ele, experimente! Ele terá prazer em ouvir e responder às suas      orações.

1. Ore sozinho, diretamente ao Pai. Jesus disse: "Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto, e fechada a porta, orarás a teu Pai': (Mateus 6.6.)
2. Ore com humildade. "Deus resiste aos soberbos, contudo aos humildes concede a sua graça." (1 Pedro 5.5.)
3. Ore       em        nome        de        Jesus.        Jesus        disse:        "Ninguém vem ao Pai senão por mim." (João 14.6.) "E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em                                               meu
1. nome, eu o farei." (João 14.13,14.) Nada de outros intermediários, não adianta 4.
4. Ore      com      a      consciência      pura.      Se      tiver      cometido      pecados, confesse-os. "Se eu atender à iniquidade em meu coração, o Senhor não me ouvirá." (Salmo 66.18 — Revista Corrigida.) Por outro lado, "Se o coração não nos
acusar, temos confiança diante de Deus; e aquilo que pedimos dele recebemos." (1 João 3.21,22.) Se tiver ofendido ou prejudicado a alguém, procure essa pessoa, peça-lhe perdão e faça o acerto que for necessário.
5. Ore com ações de graças. não esqueça de dizer: “Obrigado Pai” em tudop daí graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco." (1 Tessalonicences 5.18)
6. Ore diariamente. Tenha uma hora       e lugar para orar     diariamente, de preferência  sempre à  mesma hora. Cedinho,       pela       manhã,  é excelente  ocasião  para  buscar  a      presença      do      Pai.      "Pela      manhã      ouvirás      a      minha      voz     ó    Senhor;    pela    manhã    me    apresentarei a ti,  e  ficarei     esperando." (Salmo 5.3)
7. Ore esperando receber a resposta. "Tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e será assim convosco." (Marcos 11.24.)
8. Ore com naturalidade, usando suas próprias palavras. Não procure imitar as orações dos outros e nem fique repetindo palavras vazias ensinadas por outros. "E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; por que presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos." (Mateus 6.7.) Cada um tem sua própria maneira de se expressar.
9. Ore segundo a vontade de Deus. "E esta é a confiança que temos para com ele, que, se pedirmos alguma cousa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temas feito." (1 João 5.14,15.)
10.            Ore com persistência. Se a resposta não vier imediatamente, continue orando e diga a Deus que crê que a resposta virá. "Pedi e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos á" (Lucas 11.9.)
II. Ore com um companheiro. Cada pessoa deve orar sozinho, mas existem também momentos em que precisamos de um parceiro. "Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles." (Mateus 1820)


IGREJA BATISTA DO CALVÁRIO – SÃO JOÃO DO PARAÍSO – MG
                                 www.ibatistacalvario.com.br

                               www.marcelooquadros.blogspot.com

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

O que acontece quando recebemos o Senhor Jesus Cristo? -111 - 19.07.2017 - AULA 51 - FASE - 3

Quando nos arrependemos dos nossos pecados e de depositamos nossa fé em Jesus, entregando-lhe o controle de nossa vida, uma série de coisas fantásticas acontece instantaneamente:
1.  Deus perdoa todos os nossos pecados. "Homem, estão perdoados os teus pecados." (Lucas 5.20.)
2.  Deus nos dá a vida eterna. "...para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3:16)
3.  Deus nos dá a condição de justos diante dele.
"Se manifestou a justiça de Deus... mediante a fé em Jesus Cristo para todos os  que crêem..." (Romanos 3.2l,22).
4.  Deus nos transforma em filhos dele. "Mas, e todos quantos o receberam, deu- lhes o poder de serem feitos filhos de Deus." (João 1.12.)
5.    Cristo entra em nossa vida para viver em nós.
"Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele e ele comigo." (Apocalipse 3.20.) A porta é a do seu coração. Quando convidamos Cristo a entrar, ele entra e faz em nós sua morada.
6.    Jesus se torna nosso companheiro constante.
"Estou convosco todos os dias..." (Mateus 28.20.)
Como filho de Deus, já perdoado, e com Cristo no coração assistindo-o sempre, você pode viver uma vida transformada. Conserve uma atitude de arrependimento e
fé, e procure obedecer ao que a Bíblia ensina. Se confiar humildemente em Cristo, você vencerá com ele!

5. Como podemos ter certeza da nossa salvação?
É maravilhoso ser salvo através da fé em Jesus Cristo. Melhor ainda é ter certeza absoluta da salvação. Esta certeza nos é transmitida por Deus de três maneiras:
1. Pela Palavra de Deus. Todas as promessas de Deus são verdadeiras. Quando fazemos a nossa parte ele faz a parte dele. Quando nos arrependemos, ele perdoa. Quando convidamos Jesus para entrar no coração, ele entra mesmo.
"E o testemunho é este, que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está no seu Filho. Aquele que tem o Filho (no coração) tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida. Estas cousas vos escrevi a fim de saberdes que tendes a vida eterna, a vós outros que credes em o nome do Filho de Deus': (1 João 5.11- 13.)
2. Pela confiança íntima que o Espírito Santo nos dá. "O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus." (Romanos 8.16.) Recebemos de Deus uma confirmação de que não pertencemos mais a Satanás e nem a nós mesmos; pertencemos a Deus. Somos seus filhos. "Aquele que crê no Filho de  Deus tem em si o testemunho." (I João 5.10)
3. Pela vida transformada. "Se alguém está em Cristo, é nova criatura: as cousas antigas já passaram; eis que se fizeram novas." (2 Coríntios 5.17)
Cristo efetua mudanças em nossos pensamentos, e tenções, atitudes, palavras e ações. Sua vida mudou? E evidência da atuação do Senhor.
A certeza da salvação não vem através dos sentimentos, pois estes são instáveis. A certeza vem através de uma convicção interior. Confie em Deus e em sua Palavra.
Agora que você creu em Jesus para a salvação, há algumas coisas que precisa fazer.
  
IGREJA BATISTA DO CALVÁRIO – SÃO JOÃO DO PARAÍSO – MG

MINI P70 EM CURRAL DE DENTRO - 17/11/12

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PROJETO APASCENTAR - DISTRIBUIÇÃO DE REVISTA

19º ENCONTRO DE PASTORES - IBIASSUCÊ - BA - 05-09/12

5º ANIVERSÁRIO DA UNIÃO DE JOVENS DA IGREJA BATISTA DO CALVÁRIO - 2012

FAÇA PARTE DA IGREJA BATISTA DO CALVÁRIO VOCÊ TAMBÉM

Uploaded with ImageShack.us

P70 22-25 / 2012 - EM NINHEIRA

ACAMPAMENTO DE INVERNO 22-25 DE JUNHO DE 2012

POSTE LINK DO BLOG NO TWITTER

COMENTE EM MEU TWITTER USANDO O LINK ABAIXO